Assine Receba Nossas Atualizações.

sábado, 3 de novembro de 2012

Poeta Manoel Xudu

,

Quando chega a estiagem
Nosso sertão perde o brilho
O pai por causa do filho
Vai trabalhar na rodagem
O mais velho sem coragem
Chama a mãe e pede um pão
A mãe sem ter um tostão
Abraça o filho chorando
E o vegetal se queimando
Na calma azul do sertão

Poeta Manoel Xudu

0 comentários to “Poeta Manoel Xudu”

Postar um comentário

Obrigado por nos dar sua visita ela é muito importante para nós.
obrigado e volte sempre

 

SEGUIDORES DO G+

Seguidores

FACEBOOK

Agroecologia News Copyright © 2011 | Template design by JP DESIGN - Criação de Arte Digital | Powered by Blogger Templates