Assine Receba Nossas Atualizações.

terça-feira, 19 de março de 2013

'NO SERTÃO, FÉ TEM PRAZO DE VALIDADE', DIZ PADRE DE CIDADE ATINGIDA PELA SECA

,

“Meu divino São José, imploro em vossos pés, mandai chuva com abundância, meu Jesus de Nazaré.” Essa é uma das orações mais repetidas por trabalhadores rurais, fiéis do santo, no interior de Pernambuco. Segundo a crença religiosa, se houver sinal de chuva no Dia de São José, celebrado nesta terça-feira (19), a safra vai ser boa. Quinze cidades no estado cujo santo é padroeiro estão em situação de emergência por causa da longa estiagem. Nesses locais, padre e moradores relatam a difícil situação causada pela falta de água e cobram ações emergenciais do governo no enfrentamento à seca.

No Nordeste, sobretudo no Sertão, o dia 19 é dedicado a plantar feijão e milho - este último para ser consumido no período junino, que têm festas dedicadas aos santos Pedro, João e Antônio. Mas a previsão climática não é nada boa para os agricultores. "As chuvas para os meses de março, abril e maio devem ser abaixo da média", informa o metereologista Vinícius Gomes, da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

Luís Marques Ferreira é o pároco de Ingazeira, cidade com pouco mais de quatro mil habitantes, no Sertão. Padre Luisinho, como é conhecido, também é coordenador das pastorais sociais do Sertão do Pajeú e conhece bem as dificuldades pelas quais os agricultores da região estão passando. Muitos deles vão à Igreja Matriz de São José, no centro do município, com mais de 200 anos de fundação e feita de pedra e cedro, orar por chuvas no dia do santo.

"Os agricultores estão desesperados. As medidas do governo são paliativas, não estão resolvendo a situação e demoram a chegar. Nós, católicos, temos fé, mas, aqui no Sertão, ela também tem prazo de validade. O dia 19, que é dia do santo padroeiro de Ingazeira, é a última cartada do povo, que espera a chuva. Enquanto ela não vem, continuamos com fé, mas é preciso fazer obras estruturadoras. Acredito na força libertadora de São José, mas os fiés têm que fazer a sua parte também, exigindo ações", comenta. (G1.pe.com)

0 comentários to “'NO SERTÃO, FÉ TEM PRAZO DE VALIDADE', DIZ PADRE DE CIDADE ATINGIDA PELA SECA”

Postar um comentário

Obrigado por nos dar sua visita ela é muito importante para nós.
obrigado e volte sempre

 

SEGUIDORES DO G+

Seguidores

FACEBOOK

Agroecologia News Copyright © 2011 | Template design by JP DESIGN - Criação de Arte Digital | Powered by Blogger Templates