Assine Receba Nossas Atualizações.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Tempo

,

Dorme o meu sonho na profunda gruta
Do silêncio com o qual me amordaças
Tecidos frágeis de esperança bruta
Todos já puídos pela ação das traças

Não existe vitória sem ter luta
E é firme o laço com o qual me laças
Que esperemos, assim, às finas taças
Nós brindarmos ao fim desta disputa

Nada existe de certo entre nós dois
Mas, se tudo depende do depois
O depois que de tudo se encarregue

Tentarei suportar que o tempo passe
Na esperança que o próprio tempo trace
Um caminho que a gente inda não segue

Pedro Torres

0 comentários to “Tempo”

Postar um comentário

Obrigado por nos dar sua visita ela é muito importante para nós.
obrigado e volte sempre

 

SEGUIDORES DO G+

Seguidores

FACEBOOK

Agroecologia News Copyright © 2011 | Template design by JP DESIGN - Criação de Arte Digital | Powered by Blogger Templates